Em Catingueira: Mulher diz que foi estuprada no quintal de residência. Acusado está preso



Uma bebedeira terminou em crime na noite dessa sexta-feira, 21, em uma residência na cidade de Catingueira.
A mulher M.S.S., de 40 anos, acusou um jovem de 21 de tê-la estuprado no quintal da casa onde bebiam juntos com outras pessoas.
A informação é que em determinado momento da farra, os dois, que estavam embriagados, dirigiram-se para o quintal da residência e, meia hora depois, a mulher retornou chorando e dizendo que havia sido estuprada e apresentando hematomas e ferimentos pelo corpo.
A Polícia Militar foi acionada e o rapaz preso. Um exame feito no núcleo de medicina legal de Patos comprovou a violência sexual.
Rosembergue Julião Pereira, conhecido com Maninho, foi autuado em flagrante pelo delegado José Pereira por estupro de vulnerável, uma vez que a vítima estava embriagada e, portando, sem discernimento, e foi conduzido à cadeia de Piancó. Ele, que mora na Rua do Alto, centro de Catingueira, confirmou que manteve relações sexuais com a mulher, mas diz que foi desafiado por ela ao ato sexual.

Texto do Folha do Vali