Em “carta a nação”, general Heleno ameaça STF: “consequência imprevisíveis”



O Ministro-Chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Heleno, divulgou há pouco em seu perfil no Twitter, uma “carta à nação” onde faz graves ameaças ao Supremo Tribunal Federal.

No documento, o ministro avisa que “o pedido de apreensão do celular do presidente da República é inconcebível e até certo ponto inacreditável”. O general prossegue, “caso se efetivasse, seria uma afronta à autoridade máxima do poder executivo, e uma interferência inadmissível de outro poder na privacidade do presidente da República e na segurança institucional”.

O general conclui, “o gabinete de segurança institucional da Presidência da República alerta as autoridades constituídas que tal atitude é uma evidente tentativa de comprometer a harmonia entre os poderes e poderá ter consequências imprevisíveis para a estabilidade nacional”. Veja abaixo:

Nota à Nação Brasileira.

View image on Twitter


Com informações de Painelpolitico 

error0
Tweet 20
fb-share-icon20
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com