Brasil

Elon Musk demite quase todos os funcionários do Twitter no Brasil

Apenas alguns vendedores foram poupados de novo corte

ÓTICAS GUIMARÃES

O bilionário Elon Musk demitiu quase todos os funcionários do Twitter no Brasil, poupando apenas alguns vendedores, de acordo com o jornal Washington Post. As áreas de “comunicação e moderação de conteúdo” foram completamente encerradas, no domingo 8, antes das manifestações em Brasília.

O novo corte soma-se a uma sequência de desligamentos em massa que o Twitter vem fazendo, desde que Musk assumiu a plataforma, no fim do ano passado.

A conclusão da venda do Twitter foi em 27 de outubro do ano passado. Dono da Tesla e da Space X, Musk comprou a plataforma por US$ 47 bilhões. A primeira ação importante dele foi demitir os principais executivos.

Entre eles, o então presidente-executivo, Parag Agrawal, o diretor-financeiro, Ned Segal, e o chefe de assuntos jurídicos e de políticas, Vijaya Gadde. Musk acusou a companhia de esconder informações sobre milhares de contas de usuários falsos. 

Musk também anunciou, na época, que pretendia transformar o Twitter em uma skeleton crew, ou seja, uma empresa com uma equipe mínima. Para isso, o plano inicial era demitir 75% do quadro de trabalhadores.

Fonte: Revista Oeste


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo