Elementos tentam levar moto de radialista em Pombal



Na noite desta sexta-feira (20), elementos tentaram levar do terraço da casa do radialista e jornalista Marcelino Neto, uma motocicleta Yamaha YBR 125.

 
O fato se deu por volta das 18h:40m, quando a mesma estava estacionada no espaço interno da residência localizada próximo ao terminal rodoviário da cidade. De acordo com informações, a atitude foi percebida por familiares do profissional após ouvirem o portão ser aberto.

Imediatamente foram verificar, e se depararam com um elemento de capacete e jaqueta armado com uma faca-peixeira tentando quebrar a trava da moto. Ao ser dado o alarme o elemento evadiu-se sendo percebida ainda a presença de outra pessoa, também de capacete em uma Honda Biz, na parte externa, dando cobertura ao comparsa.

Temendo um confronto, os familiares não deixaram que o jornalista saísse no momento em que foi acionada uma equipe da Policia Militar, tendo essa chegado ao local de forma rápida. 

De posse da narrativa da vítima, os policiais realizaram diligências na área levantando pistas a partir de pessoas que residem na área e que presenciaram a circulação dos meliantes no local.

A PM não descarta a participação de uma terceira pessoa que por conhecer a rotina do profissional e a forma como guarda o veículo tenha passado informações que possibilitaram a tentativa do roubo.

Procurado pela reportagem, Marcelino Neto não quis falar sobre o assunto embora tenha sido orientado a prestar B.O. na delegacia de polícia civil. Dias antes um veículo Gol metálico com vidro fumê, cuja placa não foi repassada, amanheceu estacionado em frente à residência de Marcelino. Desconfiado o radialista redobrou o alerta quanto à possibilidade de quem poderia estar em seu interior observando a movimentação.

“Sempre deixei a moto guardada no terraço. Todos sabem que é aquele o seu local separado apenas por um portão que se mantenho sempre fechado. No caso de ontem, até pelo horário cedo da noite, não estava fechado o que despertou o interesse de alguém que já vinha de olho no objeto e na possível facilidade do momento”  disse Marcelino Neto.

Outro fato que a policia trabalha é com relação à recente presença de duas mulheres desconhecidas que se dizendo conhecidas, solicitaram ajuda para viajar coisa que não é comum.

Para as autoridades a motocicleta teria sido o alvo, que por pouco não foi levada em uma ação rápida da própria residência da vítima. A polícia está investigando.

 

Da Redação: patosonline