Politica

e-Título se torna o aplicativo mais baixado no Brasil e TSE faz alerta aos eleitores

Versão digital do título eleitoral só poderá ser emitida até um dia antes das eleições; cerca de 30 milhões de brasileiros já fizeram a ativação

ÓTICAS GUIMARÃES

A uma semana do primeiro turno das eleições, o e-Título já foi ativado por cerca de 30 milhões de eleitores no Brasil. Apenas este ano, houve mais de 13 milhões de ativações do documento digital que substitui o título de eleitor de papel.

Conforme divulgado pelo Supremo Tribunal Eleitoral (TSE), o aplicativo que dá acesso ao documento foi o mais baixado tanto no Android quanto no iOS. Somente na última semana, o número de usuários ativos aumentou em 2,5 milhões.

O e-Título pode ser usado no dia da votação como identificação desde que esteja atualizado e com foto. O aplicativo está disponível desde 2018 e, além do documento digital, é possível fazer consultas sobre o local de votação, pedido de justificativa de ausência, emissão de certidão de quitação eleitoral e outros serviços.

Com a alta demanda, o TSE aconselha não deixar para baixar o aplicativo na última hora e enfatiza que no dia 2 de outubro, domingo em que ocorre o primeiro turno das eleições, a emissão do e-Título será suspensa e só voltará na segunda-feira, 3.

Caso haja segundo turno, no dia 30 de outubro, também será suspensa a emissão do documento digital, ou seja, os eleitores têm até o dia anterior à eleição para aderir a essa tecnologia. O aplicativo é gratuito e está disponível na Google Play e na App Store.


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo