Policial

Dupla troca tiros com a PM na zona rural de Catolé do Rocha e um dos suspeitos é atingido e morre

Este é o segundo caso semelhante em pouco mais de 24 horas na região de Catolé do Rocha. Na tarde da última quarta-feira (16) um outro meliante morreu em confronto com a polícia na cidade de Brejo do Cruz

ÓTICAS GUIMARÃES

Um suspeito morreu em confronto com a polícia no início da noite desta quinta-feira (17) no sítio Boqueirão, na zona rural de Catolé do Rocha, Sertão paraibano.

Segundo informações da Polícia Militar, o indivíduo identificado como Juliermeson da Silva Araújo, de 26 anos, estaria com outro comparsa e ambos trocaram tiros com a polícia. O referido suspeito acabou sendo atingido e mesmo sendo socorrido para o Hospital Regional de Catolé do Rocha, veio a óbito logo em seguida.

Conforme a PM, era por volta das 18h quando as guarnições de força tática tomaram conhecimento de que indivíduos estariam armados na região do sítio Boqueirão, e logo em seguida chegou informações de que os meliantes já teriam atirado contra outra viatura.

Ao chegar no local os PMs se depararam com a viatura colidida com uma residência abandonada e os militares abrigados. Após o atentado contra os policiais, os elementos teriam se evadido em direção a vegetação com destino ignorado.

Foram iniciadas rondas nas proximidades com o intuito de localizá-los, mas de princípio não houve êxito, no entanto, cerca de duas horas depois ao retornarem para o local para realizar novas buscas, os PMs se depararam com dois indivíduos saindo do matagal próximo ao primeiro ocorrido.

Ao avistarem os policiais, ambos realizaram diversos disparos em direção às guarnições. Os militares reagiram a injusta agressão e um dos meliantes acabou sendo atingido.

Ele foi ferido e em seguida abordado pelos policias. Segundo a PM, ele estava caído e com a arma de fogo em punho. Foi dada voz de prisão e apreendido o revólver juntamente com uma bolsa contendo diversos objetos pessoais e munições de calibre 38, calibre 357 e calibre .40, que conforme a polícia, possivelmente da arma de fogo que estava sendo utilizada pelo comparsa. A PM informou que posteriormente a arma foi identificada como um revólver calibre 38 de numeração suprimida.

O segundo indivíduo evadiu-se em direção ao matagal efetuando mais disparos em direção aos militares, os quais tiveram que novamente usar suas armas de fogo para repelir a nova agressão, mas o criminoso não foi alcançado. A PM informou que o meliante já foi identificado.

O suspeito baleado foi socorrido com urgência para o Hospital Regional de Catolé do Rocha ainda com vida, mas mesmo recebendo os devidos atendimentos médico posteriormente evoluiu para óbito.

O caso foi comunicado na Delegacia de Polícia Civil de Catolé do Rocha, onde foi registrado a ocorrência e apresentado todo o material apreendido.

Foto: Divulgação/PM

Fonte: Diário do Sertão


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo