Novidade no caso do julgamento de Dinaldinho. Advogados esperam retorno dele ao cargo na Prefeitura de Patos



O advogado Dr. Taciano Fontes passou a fazer parte da equipe jurídica que compõe a defesa do prefeito afastado Dinaldinho Wanderley (PSDB). Ao lado de Dr. Marcelo Weick, Dr. Mereiles e equipe, o Dr. Taciano Fontes foi quem sugeriu a desistência do habeas corpus que tramitava no Superior Tribunal de Justiça (STJ), pois via inconsistência nas fundamentações jurídicas que pedia o retorno do prefeito ao cargo de comandante do poder executivo do Município de Patos.

Dr. Taciano relatou que na próxima semana deste mês de outubro de 2019, a equipe jurídica vai ingressar com um novo habeas corpus no STJ pedindo o retorno do prefeito ao cargo de direito, pois já se esgotaram as investigações no caso que originou o afastamento do prefeito e a cidade amarga um desastre administrativo, financeiro e político, inclusive com prejuízos incalculáveis ao desenvolvimento social.

Dr. Aécio Farias, que fazia parte da equipe jurídica, foi substituído por Dr. Taciano Fontes que acredita dar agilidade ao processo diante de novas argumentações e dados que compõem a peça que será encaminhada ao STJ.

“Assumo também a defesa de Mirna e de Dinaldinho no caso do uso do carro do gabinete. Quanto ao habeas corpus que pede o retorno do prefeito ao cargo refizemos a peça e acredito na agilidade do prefeito ao cargo que lhe é de direito”, relatou Dr. Taciano Fontes.


Jozivan Antero – Patosonline.com