Dona de farmácia é presa suspeita de venda ilegal de medicamento abortivo, em São Bento

Proprietária de farmácia é presa por venda ilegal de medicamento abortivo, em São Bento, na PB — Foto: Polícia Civil/Divulgação



A proprietária de uma farmácia na cidade de São Bento, foi presa em flagrante, na tarde desta terça-feira (15), suspeita de comercializar ilegalmente medicamento abortivo. Segundo a Polícia Civil, a mulher comercializava e armazenava o medicamento há alguns meses.

Ela foi presa em flagrante com a quantia de 62 comprimidos de um remédio usado no tratamento e prevenção de úlcera do estômago, para induzir o parto, e que é abortivo.

De acordo com a Polícia Civil, após denúncias anônimas sobre a venda ilegal do medicamento, equipes da Polícia Civil iniciaram um trabalho investigativo no local, onde foi possível identificar tanto o ponto de venda quanto a responsável pela comercialização do produto ilegal.

No momento da prisão, segundo a polícia, a mulher assumiu a responsabilidade pela venda do medicamento e foi levada à delegacia.

G1/PB

error0
Tweet 20
fb-share-icon20
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com