• Dra Milena
Politica

Dom Eraldo traz luz ao debate sobre o aumento de salários de prefeito e alto escalão da prefeitura, diz vereador

ÓTICAS GUIMARÃES

O vereador Jamerson Ferreira, parabenizou o Bispo Diocesano de Patos, Dom Eraldo Bispo da Silva, após seu pronunciamento durante a celebração da homilia na Catedral de Nossa Senhora da Guia, em Patos. O líder religioso fez duras críticas ao Projeto de Lei (PL) que concede aumento salarial ao prefeito, vice-prefeito e aos secretários municipais e adjuntos. O foi apresentado pela diretora da Câmara do município.

Em sua fala, Dom Eraldo classificou como imoral e disse que a proposta é um escândalo para a cidade de Patos.

“Parece que não temos pandemia, desemprego e fome […] Uma coisa eu digo, é imoral. Para ser constitucional, basta que um grupo de parlamentares aprove os seus interesses na lei, mas a moralidade está baseada no código da vida, da ética do evangelho”, disse o bispo.

O líder religioso o disse ainda, que “a igreja está com os olhos abertos” e classificou os aumento como “atitude de egoísmo e exploração”.

Já o vereador Jamerson Ferreira, que acionou a justiça juntamente com outros dois parlamentares para barrar os aumentos, disse que “lamenta que a sociedade organizada não participe diretamente dos debates na câmara”. Para ele, “a pressão popular é fundamental para barrar injustiças”.

No ano de 2020 a Câmara Municipal tentou passar o PL em plena pandemia. A proposta chegou a ser aprovada, mas foi derrubada na Justiça.

Agora, um projeto da mesa diretora tenta mais uma vez aumentar o subsídio do prefeito, vice e secretários, com reajuste que leva em consideração o índice inflacionário acumulado desde 2013, ano do último reajuste.

Assessoria


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo