Dom Eraldo desabafa após presenciar grande aglomeração em Patos e pede rigor as autoridades nas fiscalizações. Ouça;



O bispo diocesano de Patos, Dom Eraldo Bispo da Silva, mostrou sua indignação em seu programa Palavra de Fé, quanto ao relaxamento social da população de Patos em relação aos cuidados com a covid-19, na noite deste domingo em uma área próxima ao conjunto Noé Trajano em Patos.

Dom Eraldo chamou a atenção para a grande aglomeração existente no local, sem a utilização de máscaras de proteção, e classificou o evento como uma vergonha pública, por estar colocando a saúde de uma grande quantidade de pessoas sob risco de contaminação para o covid-19.

“Eu passei devagar olhando a multidão sem máscara em uma farra. E eu fiquei me perguntando e desejei seu uma autoridade judicial ou policial para parar com a festa e prender os responsáveis. Não adianta uma parte da sociedade, a própria igreja se sacrificando e deve fazer, não estou reclamando disso, mas tem que ser todo mundo” protestou Dom Eraldo.

O pastor diocesano chamou a atenção das autoridades do município em relação a falta de fiscalização em diversos ambientes públicos e enfatizou a necessidade de evitar que esse tipo de situação continue a acontecer, colocando em risco a vida das pessoas em geral.

Dom Eraldo também alertou que a pandemia da covid-19 ainda não passou e mostrou a sua preocupação com a falta de responsabilidade das pessoas, que estão colocando suas vidas e de várias outras sob o risco de contaminação. Ouça;

Dom Eraldo

Por Genival Junior – Patosonline.com

Áudio – Rádio Espinharas