Dois vereadores eleitos se posicionam contrários a reajuste salarial do prefeito, vice-prefeito e 1ª escalação de Patos



A polêmica em torno do Projeto de Lei 180/2020, de autoria de Mesa Diretora da Câmara, que trata sobre a revisão geral e anual dos subsídios do prefeito, vice-prefeito, e do primeiro escalão da Prefeitura Municipal de Patos continua.

O salário do gestor municipal pode ter um acréscimo de aproximadamente R$ 10.000.00 (dez mil reais), já agora no próximo mandato, com a aprovação do referido projeto.

Phillip Palmeira afirmou que o projeto fere a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Constituição Federal e a Lei Orgânica do Município de Patos, que prevê a necessidade de aprovação do projeto até o final do primeiro semestre da atual legislatura.

Nesta quinta-feira, 03 de dezembro, dois vereadores eleitos se posicionaram contra a aprovação do referido projeto. São eles: Josmar Oliveira (Patriota) e José Gonçalves (PT).

Eles fizeram contato com a equipe de jornalismo da Rádio Espinharas na tarde de hoje (03) e externaram seus posicionamentos.

Patosonline.com