Diretora rebate denúncia de que servidores do Hospital Infantil cadastrados no auxílio emergencial estão sendo ameaçados de demissão



A diretora do Hospital Infantil Noaldo Leite, Rhyana Carla, rebateu em contato com a produção do Patosonline.com, e denúncia apresentada nesta sexta-feira, 24, no programa do Facebook ‘Fala Cidade’, e reproduzida pelo Blog do Jordan Bezerra, dando conta que funcionários do hospital estariam sendo obrigados pela direção a devolverem o auxilio emergencial do Governo Federal, sobre risco de perderem os seus empregos. 

Rhyana Carla negou qualquer ameaça e disse que os servidores estão apenas sendo orientados a realizar os procedimentos para a devolução dos recursos, seguindo as orientações dos órgãos de fiscalização.

“A direção está orientando os profissionais que receberam indevidamente o benefício a seguir a determinação do Tribunal de Contas da União. A abordagem é realizada de forma a orientar esses profissionais sobre como proceder para a devolução do valor recebido indevidamente”, explicou a diretora.

A alegação dos funcionários é que mesmo trabalhando no Infantil, eles não têm vínculo com o estado, pois são codificados e recebem os seus vencimentos pelo CPF.

Os servidores entendem que por não manterem vínculos de emprego estão aptos a receberem o auxilio emergencial, pois estão cumprindo os critérios estabelecidos pelo governo federal. 

Por Genival Junior – Por Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.