Diretor do Sintep diz que retorno das aulas presenciais no estado só ocorrerá após vacinação em massa da população. Ouça;



O diretor da Secretaria de Comunicação do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação da Paraíba-SINTEP, Saturno Medeiros, disse em participação no jornal Notícias da manhã, desta sexta-feira, 22, que os profissionais em educação do estado só aceitam retornar as aulas presenciais após a vacinação em massa da população.

O diretor classificou como “uma grande contradição”, as últimas declarações do governador João Azevêdo, sobre o possível retorno das aulas presenciais a partir do mês de março, o que segundo ele, só seria possível mediante a vacinação em um maior contingente populacional.

“A secretaria de saúde desenvolveu um estudo em 130 municípios da Paraína, denominado inquérito sorológico, e esse estudo demonstra que pelo menos 10% da população da Paraíba já teve contati com o vírus. Segundo o secretário executivo da saúde Daniel Beltrame, se as atividades presenciais em escolas, creches e instituições de ensino, não tivessem parado, a prevalência seria de 30%”, disse o educador.

Saturno Medeiros criticou a falta de diálogo entre o governo do estado e os profissionais da educação e disse que a decisão sobre não retornar as atividades presenciais antes da vacinação em massa, ocorreu desde a última assembleia geral do SINTEP, realizada no ano de 2020.

Por Genival Junior – Patosonline.com