Presidente da FUNDAP comenta sobre aplicação de recursos da Lei Aldir Blanc e confirma que haverá prestação de contas. Ouça



De acordo com o diretor da Fundação Cultural de Patos (FUNDAP), Marcelo Lima, em entrevista concedida ao jornalista Paulo Costa da Rádio Universidade FM 105.1, o recurso destinado pela Lei Federal Aldir Blanc à cidade de Patos, por meio da FUNDAP, foi mais de 750 mil reais.

Marcelo Lima garantiu que este recurso caiu numa conta bancária específica, em poder da FUNDAP, e que todo o dinheiro foi utilizado.

Ele ressaltou que Patos foi uma das primeiras cidades do sertão paraibano a ter o Plano de Ação aprovado e executado na totalidade, inclusive dentro do prazo estabelecido pelo Ministério do Turismo.

Do dia 16 de outubro a 2 de novembro de 2020, houve a abertura dos editais, com mais uma prorrogação devido a pequena quantidade de artistas inscritos. Segundo Marcelo, foram inscritos 215 artistas, sendo que 127 foram aprovados na Lei Aldir Blanc.

Prestação de contas

Os artistas contemplados na Lei Aldir Blanc estão encerrando a contra partida de cada um para o município, a exemplo da participação dos músicos no festival Tem Cultura Dendicasa, e posteriormente será a contrapartida dos escritores, de artistas, até que todos possam dar sua contrapartida. Concluída esta etapa, Marcelo Lima garantiu que a prestação de conta será fechada em abril ou maio deste ano.

Nova etapa da Lei Aldir Blanc

Ele disse que está havendo uma mobilização estadual em prol de mais recursos do Governo Federal, e que isso está em discussão. Além disso, a FUNDAP também está elaborando projetos que possam contemplar os artistas, conforme disse o diretor Marcelo Lima.

Ouça mais detalhes no áudio que segue.

Matéria por Patosonline.com
Áudio: Rádio Universidade FM