• Dra Milena
Locais

Diocese de Patos emite nota de falecimento pela morte do Monsenhor Pedro Custódio. Conheça um pouco de sua história e trajetória sacerdotal

ÓTICAS GUIMARÃES

Faleceu na madrugada deste domingo, dia 18 de setembro, aos 71 anos, o Monsenhor Pedro Custódio, padre integrante da Diocese de Patos e Vigário Paroquial na Paróquia de São Sebastião.

Padre Pedro lutava contra o diabetes há alguns anos e nos últimos meses passou algumas internações hospitalares. Ele faleceu no Hospital São Francisco, após complicações cardíacas. A Diocese de Patos emitiu uma nota:

“Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que tenha morrido viverá” (João, 11,23)

A Diocese de Patos comunica a todos o falecimento do Monsenhor Pedro Custódio da Silva

(Pe. Pedro), ocorrido na madrugada deste Domingo, 18 de setembro de 2022, no Hospital São Francisco onde o mesmo se encontrava internado e ao mesmo tempo manifesta a sua família sentimentos de pesar e solidariedade.

Exerceu o ministério em várias paróquias da nossa diocese e ultimamente estava vivendo em sua própria casa para tratamento de saúde no bairro Novo Horizonte em Patos. O velório acontecerá durante este domingo na capela do Colégio Cristo Rei com missas às 11h e 16:30h. Na segunda feira (19/09), haverá missa às 06h da manhã e após essa celebração, o corpo será conduzido até sua cidade natal (Catolé do Rocha) onde haverá missa às 16h e em seguida o seu sepultamento.

O Bispo diocesano e o clero de Patos agradecem o dom de sua vida, do seu ministério na missão evangelizadora da nossa igreja particular e contamos com a oração de todos.

Em Cristo Jesus, ressurreição e vida!

Ele exercia também a função de diretor da Rádio Espinharas de Patos, ao lado de Padre Jair Tomasela e Padre Fabrício Dias Timóteo.

História de vida e trajetória sacerdotal

Pedro Custódio da Silva nasceu em 16 de outubro de 1950, no sítio São Gonçalo, município de Catolé do Rocha, como filho de Elias Custódio da Silva e Silvana Ernestina Diniz, compondo a prole com as irmãs Maria Ernestina e Sílvia. Iniciou os estudos em sua terra natal, integrando o ensino fundamental da Escola Estadual Obdulia Dantas. O admissão e ensino médio no Colégio Dom Vital. A transferência para Patos, objetivando a formação universitária, aconteceu em 1976, quando ingressou no curso de Economia, da Fundação Francisco Mascarenhas, concluindo em 1980.

A descoberta da vocação veio um pouco tardia e em consequência da inspiração no trabalho desenvolvido pelos frades capuchinhos que assumiram a Paróquia de Nossa Senhora dos Remédios, em Catolé do Rocha.

O economista Pedro Custódio da Silva ingressou na Ordem dos Frades Capuchinhos em 1983, postulando em Caruaru-PE e em 1984 era noviciado em Natal. No início de 1985, através da Diocese de Patos, fora encaminhado ao ITER do Recife, para o curso de Filosofia e Teologia, com conclusão, no Seminário Maior, em 1989. Em 1990, iniciou o estágio na Paróquia de Santo Antônio, no bairro de mesmo nome, na cidade de Patos, na qual chegou à ordenação diaconal no mês de junho.

Ao longo de sua vida sacerdotal, Padre Pedro já passou por várias paróquias da Diocese de Patos, como em São Mamede, Condado, Vista Serrana, Santa Terezinha, Teixeira, São José do Sabugi, além das paróquias da cidade de Patos.

Patosonline.com

Com trechos retirados do livro “Santa Terezinha Paraíba no assento da história”, do escritor Damião Lucena


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo