Dinaldo Filho diz que tentou uma conciliação sobre o pagamento da folha. Ouça



O prefeito recém eleito de Patos, Dinaldo Filho (PSDB), respondeu durante entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (25/10), sobre um questionamento da imprensa, referente à informação de que o mesmo teria entrado na justiça para bloquear o repasse de 3 milhões e meio de reais, do pagamento pela comprada folha do município, pela Caixa Econômica Federal.

O boato dizia que Dinaldo teria entrado na justiça para que o repasse do dinheiro só ocorresse na sua gestão, ou seja, a partir do mês de janeiro de 2017.

Sobre o assunto, ele disse que tal verba deveria estar sendo fomento para algo importante do município e não para ser usado em pagamento dos servidores, pois acredita que este tipo de coisa exige que o dinheiro já estivesse nos cofres da prefeitura.

“O dinheiro para o salário e também o décimo dos funcionários já era para estar em caixa. Se não está é porque foi usado para pagar outras coisas que não a folha de pagamento. Quem pode dizer isso é o atual gestor”, se referiu.

Ele acrescentou dizendo que não pediu o cancelamento do pagamento da Caixa à atual gestão, mas que houvesse uma audiência de conciliação, já que o contrato só será executado no seu governo.  “Precisamos dialogar porque o contrato que foi firmado não beneficia em nada o funcionário. E na verdade estamos trabalhando para beneficiar os funcionários com a venda da folha”, garantiu.

Mais detalhes na entrevista abaixo.  

Matéria por Patosonline.com

Sonora de Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)