Dinaldinho Wanderley nega renúncia agora, mas não descarta tal fato como prefeito afastado do Município de Patos



Diante das especulações sobre a possiblidade de renúncia ao cargo de prefeito de Patos, o prefeito afastado Dinaldinho Wanderley (PSDB) negou esse boato na tarde desta sexta-feira, dia 28, mas deixou em aberto tal possiblidade em outro momento.

“Não renunciei, pois sei da minha inocência e também sei que isso criaria um caos momentâneo. A renúncia é algo forte! Não penso em mim e sim na cidade…mas se não tratarem bem a cidade ou usarem politicamente o cargo, posso rever meu pensamento, porque estariam machucando a nossa cidade…”, relatou Dinaldinho.

Em outro trecho da mensagem, o prefeito afastado disse: “…meus problemas pessoais ou meus pensamentos políticos, não podem prejudicar a cidade de Patos…não entrarei para a história de ter renunciado para ‘bens’ pessoais…estou em paz”.

Os boatos em redes sociais são de que Dinaldinho renunciaria para que houvesse novas eleições indiretas para prefeito interino. A eleição aconteceria nos moldes previstos em lei e seria eleito interinamente mais um vereador da Câmara Municipal de Patos.


Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.