Dinaldinho entra na justiça e pede todo o dinheiro do seu pagamento como prefeito



O prefeito afastado de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, (Dinaldinho), entrou com mandado de segurança junto ao Tribunal de Justiça da Paraíba-TJPB, para pedir o ressarcimento dos subsídios de prefeito referente o período do seu afastamento do comando da prefeitura de Patos.

O gestor está representado na ação pelo advogado Francisco de Assis Fideles de Oliveira Filho, que pediu o imediato restabelecimento dos valores ao gestor afastado, que deixou o cargo por decisão judicial desde o dia 14 de agosto de 2018.

No documento, o representante jurídico de Dinaldinho pede a concessão da liminar e a consequente notificação do prefeito interino Ivanes Lacerda, para que possa prestar as informações necessárias para o restabelecimento do direito ao prefeito afastado.

Dinaldinho tinha um subsídio bruto como prefeito de Patos no valor de R$ 17.000,00 (dezessete mil reais) mensais, que somados em seus dois anos e um mês do seu afastamento, equivalem a R$ 425 mil reais. Confira o documento;

Por Genival Junior – Patosonline.com