Desenhista Aurélio Gomes faz homenagem a Pinto do Acordeon, em Patos



O desenhista e Policial Militar Aurélio Gomes já é bastante conhecido no cenário artístico paraibano. Ele é o idealizador e criador da revista em quadrinhos Nanquim Arretado e tem feito várias homenagens a personalidade do cenário nordestino, principalmente nomes da Paraíba e do sertão.

Pela arte de Aurélio, a artista paraibana Zabé da Loca e Jackson do Pandeiro já foram desenhados em belas homenagens. Agora foi a vez do saudoso cantor e compositor Pinto do Acordeon, que se destacou nacionalmente pelas composições do legítimo forró e que escolheu Patos para morar com sua família.

Pinto do Acordeon vai estar em uma história em quadrinhos em 7 páginas que contam um pouco da sua trajetória. Aurélio conta com o apoio do também artista John Castelhano que vai contribuir na arte final. Os textos são do historiador e jornalista Damião Lucena.

Aurélio relatou que espera concluir o trabalho até o período junino e que, até lá, a pandemia já possa ter sido controlada. O artista também vem sendo solicitado para desenvolver projetos que tenham os quadrinhos como principal instrumento de conscientização. Recentemente, a Universidade Federal de Campina Grande, Campus Sousa, fez parceria para desenvolver uma história em quadrinhos sobre a questão do racismo.



Jozivan Antero – Patosonline.com