Policial

Delegado comenta prisão de suspeito de envolvimento na morte da jovem Renata Cavalcante e diz que veículo apreendido já foi periciado

ÓTICAS GUIMARÃES

O delegado Carlos Seabra, da Delegacia de Homicídios e Entorpecentes de Patos (DHE/Patos) trouxe mais detalhes da prisão de um homem suspeito de envolvimento na morte da jovem transexual Renata Cavalcante Ferraz, de 16 anos, e também da apreensão de um veículo que foi utilizado no crime.

De acordo com o delegado, por volta das 09h00min da manhã deste domingo, dia 24 de abril, a DHE Patos deu cumprimento a mandados de busca e apreensão e também a mandados de prisão aqui na cidade de Patos. Após várias diligências, a DHE conseguiu identificar os autores, a forma como o crime foi cometido, bem como o veículo utilizado para o transporte da vítima até o local onde o corpo foi encontrado.

O mandado de prisão temporária foi cumprido em uma residência no bairro Belo Horizonte, em desfavor de um homem que teve participação ativa no crime. Já o veículo, modelo Volkswagen Golf, de cor vermelha, foi apreendido em uma residência no bairro São Sebastião e foi alvo de perícia para coleta de possível material genético da vítima. Uma faca que pode ter sido utilizada no crime também foi apreendida.

A jovem estava desaparecida desde a noite do último sábado, dia 16 de abril, após sair para uma festa aqui na cidade de Patos. Por volta das 19h00min do referido dia ela saiu de casa e disse que se encontraria com com amigos e iria para a festa da banda Calcinha Preta, que estava sendo realizada no Terreiro do Forró, sendo esse o último contato que ela teve com os familiares.

O corpo foi encontrado na tarde da última terça-feira (19), próximo ao estabelecimento conhecido por “Bar do Papelão”, na estrada que dá acesso a cidade de São José de Espinharas, porém de acordo com o delegado, a vítima foi morta no domingo (17).

Patosonline.com


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo