Delegado regional nega pressão política para liberar CDs e DVDs piratas apreendidos



Em participação ao vivo dentro do programa Cidade em Debate da Rádio 102 FM de Patos na tarde desta terça-feira (02/09), o delegado regional da Polícia Civil em Patos, Marcos Vasconcelos, negou que tivesse recebendo pressão para liberar os DVDs e CDs piratas apreendidos em uma operação policial realizada no último domingo.

 

O delegado foi indagado a esse respeito, pois corria o boato na cidade de Patos na manhã de hoje, que o delegado estava sofrendo pressão política para liberar os produtos apreendidos.

 

Vasconcelos disse desconhecer esse fato e afirmou que as apreensões foram frutos de operação sigilosa e bem sucedida da Polícia Civil de Patos que trabalhou vários dias nessa investigação.

 

Redação