Delegado fala sobre crimes praticados por meio de aplicativos e orienta a população sobre os primeiros procedimentos. Ouça;



O delegado Sylvio Rabelo, da 3ª Superintendência de Polícia Civil de Patos, falou para a imprensa local nesta sexta-feira (12), e na oportunidade esclareceu sobre as diversas modalidades de golpes por meio de aplicativos, que estão sendo aplicados na população.

Sylvio Rabelo afirmou que as práticas mais comuns desse tipo de crime começam por meio do acesso aos dados pessoais da vítima, fotos de perfil e senhas do aplicativo Whatsaap, para manter contato com pessoas próximas a vítima.

“Eles entram e roubam a senha do aplicativo, conversando, se passando por um banco e por uma instituição, e na posse dessa senha ele já subtrai todos os contatos que aquela pessoa tem e já passa a realizar esse tipo de crime”, explicou Sylvio Rabelo.

O delegado também chamou a atenção para o discurso apelativo dos golpistas, entrando em contato com familiares e amigos daquela pessoa para pedir dinheiro, na tentativa de sensibilizar as pessoas, que recebem uma falsa situação de extrema necessidade da suposta vítima.

Sylvio Rabelo orientou as pessoas que forem vítimas desse tipo de golpe a prestarem um boletim de ocorrência na Delegacia de Roubos e Furtos de Patos, ou de qualquer outro município do estado, para que sejam instauradas as investigações policiais no intuito de coibir essa prática delitiva. Ouça;

Por Genival Junior – Patosonline.com

Áudio de Paulo Costa – Rádio Universidade Fm