Delegado esclarece mais detalhes sobre ação que flagrou roubo de água em adutora Coremas-Sabugi



O delegado Elcenho Engel, que recebeu a denúncia, disse que após chegar ao local a polícia constatou que o proprietário da residência não se encontrava. Os familiares do mesmo informaram que a ligação clandestina teria sido feita devido a um arrombamento na adutora.

Vale ressaltar que se estivesse presente na residência, o proprietário teria sido preso em flagrante devido à constatação do furto de água, frisou o delegado.

Ele também esclareceu que o furto de água é semelhante ao furto de energia elétrica. Diante da constatação a polícia civil abrirá um inquérito para investigar as circunstâncias que levaram a este desvio de água da adutora Coremas-Sabugi.

A pena para este tipo de crime, considerado furto simples, é de um a cinco anos de reclusão. Podendo haver reparação do erário.

Ouça mais detalhes na entrevista que segue.

Matéria por Patosonline.com