Delegado diz que falta de material humano dificulta trabalho da polícia em Patos



O delegado da Polícia em Patos, Clenaldo Queiroz, disse a reportagem da Rádio Espinharas de Patos na manhã de hoje, terça-feira (21/07), que uma das dificuldades enfrentadas pela polícia de Patos para enfrentar a onda de violência que se abateu sobre a cidade, é a falta de condições de trabalho dos próprios policiais.

 

Clenaldo disse que atualmente a delegacia de Polícia Civil em Patos trabalha com dois delegados, pois seis estão de férias. Esse fato dificulta o trabalho de investigação, pois apenas dois delegados ficam responsáveis por todas as ocorrências.

 

A afirmação foi prestada quando o delegado falava sobre as investigações de mais um assassinato ocorrido em Patos, e registrado na noite de segunda-feira. O quinto em poucos dias.

 

A população está revoltada e aflita com a onda de violência que mais uma vez castiga a cidade.

 

Redação do Patosonline.com