Policial

Delegado diz que criminosos precisavam de ordem de "líder do crime" para cometerem delitos. Escute a afirmação do delegado

Em entrevista coletiva concedida no final da manhã desta quinta-feira (30/03), o delegado da polícia civil em Patos, Diego Beltrão, repassou detalhes da Operação Sualk’, deflagrada pelas polícias Civil e Militar na manhã de hoje.

Entre os fatos que chamaram a atenção, foi que, segundo o delegado, os líderes de determinadas facções criminosas, comandantes de setores da cidade, mantinham o controle das práticas criminosas naquela localidade.

Dr. Diego explicou que qualquer crime realizado na área da facção, necessitava da aprovação de seu líder, inclusive homicídios. Caso os praticantes de crimes não tivessem a autorização do “comando do bairro”, os próprios praticantes desses crimes seriam punidos, inclusive até com crime de morte.

Escute o delegado:

 

 

 

Patosonline.com

Áudio – Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)

Foto – Arquivos Patosonline.com 

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close