• Dra Milena
Policial

Delegado diz que companheiro matou jovem com ‘facada no pescoço’ após discussão, em Cajazeiras

O delegado Ilamilto Simplício disse que a vítima tentou fugir pela janela de sua casa, mas não conseguiu e foi morta com um golpe fatal no pescoço

ÓTICAS GUIMARÃES

O delegado seccional da Polícia Civil, Ilamilto Simplício contou detalhes ao Diário do Sertão do crime de feminicídio registrado na noite deste sábado (08), no centro de Cajazeiras. De acordo com a autoridade policial, Geize Pinto de Souza, 26 anos, estava com o companheiro e duas amigas bebendo em um bar, quando decidiram ir para sua residência, localizada na rua Higino Tavares, centro da cidade. Quando chegaram à casa da vítima, as duas amigas disseram que iriam comprar mais bebida e saíram, deixando a jovem sozinha com seu companheiro, um jovem de 26 anos que está preso.

Após a saída das amigas da vítima, o investigado e Geize Pinto iniciaram uma discussão, provavelmente por ciúmes do companheiro. A vítima tentou fugir pela janela de sua casa, mas não conseguiu e após luta corporal, o investigado sacou uma faca e atingiu a vítima fatalmente com uma facada no pescoço. Geize morreu no local.

‘’Eles estavam bebendo em um bar e em seguida foram para casa dela. Eles tiveram uma discussão, a gente não sabe porque ele, o indivíduo não quis falar nada a polícia. Ele atingiu sua companheira com um golpe de faca no pescoço, foi um golpe fatal’’, disse o delegado.

Geise Pinto de Sousa foi morta na noite deste sábado (08) em Cajazeiras. Foto: Reprodução / Ângelo Lima

Segundo a polícia, após cometer o crime, o investigado teria atentado contra sua própria vida, mas somente o laudo confirmará essa possibilidade. Além do sangue no chão, a polícia constatou que as paredes da residência também estavam manchadas. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atestou o óbito da jovem Geise Pinto e socorreu o suspeito para o Hospital Regional de Cajazeiras para receber atendimento médico especializado. Após os procedimentos, o suspeito foi preso em flagrante delito pelo crime de feminicídio.

Geise Pinto de Sousa foi morta na noite deste sábado (08) em Cajazeiras. Foto: Reprodução / Redes sociais

‘’Estamos aguardando os laudos médicos para confirmações dos relatos e esclarecer a situação. Ele estava bêbado e responde pelo crime de feminicídio’’, garantiu o delegado.

Durante a semana, a Polícia Civil realizará oitiva de pessoas e familiares para buscar detalhes sobre o caso.

O QUE DIZ O ASSASSINO?

De acordo com a polícia, o investigado constituiu um advogado e na presença da autoridade da Polícia Civil, ele ficou calado e não quis dar detalhes do caso que chocou a cidade de Cajazeiras.

Fonte: Diário do Sertão


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo