Policial

Delegado diz que caso Wescley não está encerrado, Confira a entrevista

 

O delegado da Polícia Civil em Patos, Clenaldo Queiros, foi entrevistado pelo repórter Fábio Diniz (rádio 102 FM), na manhã de hoje (terça-feira), dia 10 de fevereiro, onde declarou que o caso Wescley não está encerrado.

 

Ele disse que apenas o laudo inicial expedido pelo médico legista, onde declarou a causa da morte ser indefinida. Para o delegado, outro laudo, mais detalhado com um estudo aprofundado sobre o que causou a morte de Wescley dever ser divulgado em trinta dias.

 

Se vivo estivesse, Wescley Campos estava completando hoje, dia 10 de fevereiro, 29 anos de vida.

 

Confira a entrevista com o delegado Clenaldo              

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo
close