Delegado confirma execução de prisão preventiva do acusado de matar Gilberlândia. Ouça



A Polícia Civil da Paraíba, por meio da 15ª DSPC, deu cumprimento, nesta quinta-feira (29), a mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo de Direito da Comarca de Malta, em desfavor do nacional Juberlândio Soares de Melo, pelo cometimento de feminicidio contra sua companheira Juberlúcia Oliveira da Silva, e tentativa de feminicidio contra sua enteada, adolescente de 13 anos, fato ocorrido na madrugada de 28/08/2019, no município de Condado/PB.

O crime repercutiu bastante, pois o acusado golpeou as vitimas com uso de faca peixeira, tendo ceifado a vida da companheira no lar conjugal, enquanto que sua enteada foi encaminhada para a UTI do Hospital Infantil de Patos.

O acusado fugiu após o cometimento dos crimes, tendo a autoridade policial de Condado representado pela prisão do criminoso, sendo efetuada a prisão do mesmo durante sua apresentação perante a Delegacia de Policia, acompanhado de advogado.

Em seguida, após os procedimentos de praxe, o acusado foi custodiado na carceragem da Central de Polícia de Patos, para ser apresentado ao juízo competente, em audiência de custódia, na manhã desta sexta-feira, dia 30.

O delegado seccional da Polícia Civil em Patos, George Wellington, revelou ao Patosverdade.com, que Juberlândio Soares confessou ter matado a mulher.

Ouça o delegado George Wellington:

Texto – Polícia Civil

Áudio disponibilizado por Airton Alves / patosverdade