Delegado afirma que morte de jovem ocorrida em Patos pode ter sido por encomenda. Ouça;



O delegado seccional titular da Delegacia de Homicídios, George Wellington, disse nesta quarta-feira, 22, ao repórter Higo de Figueiredo, que a polícia trabalha na hipótese do jovem Lucas de Lucena Ferreira, “Luquinha”, 20 anos, está com a sua morte encomendada.

Lucas, que há menos de 30 dias havia deixado o presídio Romero Nóbrega em Patos, foi morto na madrugada desta quarta-feira, no Lajedo São Pedro, bairro do Jatobá, Zona Sul de Patos, após ser alvejado por quatro a cinco disparos de arma de fogo, alguns deles tendo atingido a sua cabeça.

George Wellington confirmou a informação de que o jovem tinha um histórico de criminalidade, com várias passagens pela polícia, devido a prática de roubo, e envolvimento com o tráfico de entorpecentes na cidade.

O delegado disse ainda que a polícia tem a informação de que Lucas teria participado de uma festa na área de lazer Beira Rio, e que nenhuma linha de investigação será descartada no momento inicial.

Segundo ele, a polícia também está investigando se a morte de Lucas tem alguma relação com a sua recente saída do presídio Romero Nóbrega. Ouça as palavras do delegado George Wellington;

George Wellington

Patosonline.com

Áudio de Higo de Figueiredo-(Rádio Espinharas)

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com