Policial

Delegada diz que violação de túmulos em Patos pode ser ação de vândalos que buscam roubar objetos. Escute

ÓTICAS GUIMARÃES

Após um assunto, de certa forma curioso, tomar projeção em toda a cidade, depois de ter sido divulgado na internet, a delegada Daniela Quirino falou a imprensa sobre a violação de túmulos que vem ocorrendo no Cemitério São Miguel, bairro Belo Horizonte em Patos.

Em um caso específico, a delegada informou que colheu as declarações dos familiares de um morto, a fim de saber se havia alguma coisa de valor no túmulo que pudesse configurar um furto ou tentativa do mesmo, porém, essa hipótese foi descartada pelos familiares.

A delegada disse ainda que não houve qualquer violação ao cadáver do morto, mas sim ao túmulo que o abriga. Ela suspeita que pode ter sido uma tentativa de vândalos, talvez na esperança de que ali encontrasse alguma objeto de valor.

As pessoas que trabalham e administram o cemitério vão responder perguntas que podem ajudar a esclarecer o que aconteceu.

Tiago Oliveira, coordenador do Cemitério São Miguel, também falou com a reportagem sobre o caso de violação de túmulo. Ele disse que o Boletim de Ocorrência foi feito junto à delegacia, que irá investigar a autoria da violação.

Ele ainda informou que após esse problema vai solicitar da administração pública a colocação de câmeras de segurança, bem como a implantação de melhorias no quesito da segurança.

Saiba mais na sonora que segue abaixo.

 

 


Matéria por Patosonline.com

 

Áudio – Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo