Delegada da Mulher recomenda que vítimas do suposto maníaco da linha telefônica do Hospital Regional façam a denúncia oficialmente. Ouça



A delegada Silvia Alencar, responsável pela Delegacia da Mulher na cidade de Patos, sertão da Paraíba, disse à imprensa local durante entrevista recente, que não recebeu qualquer denúncia referente ao caso do suposto maníaco que estaria ligando para o plantão do Hospital Regional de Patos.

Silvia disse que, caso a pessoa tenha ido até a Delegacia da Mulher e por algum motivo não tenha sido atendida, algo tem que ser verificado na central de polícia. Até porque é da responsabilidade dela e da equipe, o tipo de caso relatado.

Além disso, ela afirmou que todo e qualquer procedimento registrado pela Central de Polícia é repassado para a Delegacia da Mulher. E mais uma vez frisou: “Até o presente momento nós não tomamos conhecimento de nenhum fato semelhante a esse”.

Aproveitando o ensejo para explicar sobe a situação, a delegada Silvia Alencar recomendou que se alguma mulher do Hospital Regional sentir-se insegura pelo episódio relatado, que procure a Delegacia da Mulher, tendo em vista que trata-se de uma caso de responsabilidade dessa esfera.

A Delegacia da Mulher funciona das 08h às 12h, e das 14h às 18h.

Ouça mais detalhes no áudio que segue:

Matéria por Patosonline.com

Áudio / Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas)