Locais

Deficiente visual relata as maiores dificuldades e riscos enfrentados para caminhar no centro de Patos. Ouça

ÓTICAS GUIMARÃES

O senhor Francisco de Medeiros (Jalasca), que é deficiente visual, procurou nossa reportagem para reclamar do risco que vem correndo quando precisa caminhar pelo centro da cidade de Patos.

Ele ressalta que alguns estabelecimentos comerciais como supermercados, lojas e padarias, muitas vezes não oferecem segurança para deficientes visuais, seja nas calçadas ou no interior desses estabelecimentos.

As calçadas obstruídas com entulhos ou qualquer outro obstáculo é a maior reclamação de Francisco. Contudo, ele também cita que tem sido difícil atravessar as faixas de pedestres com segurança, e confirma que quase foi atropelado na faixa do banco Santander, no centro.

Ainda como parte das dificuldades enfrentadas, Francisco comentou que o barulho emitido por carros de som, carrinhos e portas de lojas, também prejudicam a audição das pessoas com deficiência visual, tendo em vista que este sentido é bastante utilizado por deficientes visuais para ter orientação no momento de caminhar na rua.

Ouça mais detalhes no áudio que segue.

Francisco Medeiros – deficiente visual

Matéria por Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo