Deficiência na iluminação pública faz prefeito de Patos e secretário serem acionados no MP, segundo vereadora. Ouça



A vereadora patoense, Edjane Araújo, bastante combativa no tocante à cobrança por ações da Prefeitura de Patos, falou nessa última terça-feira (19), que o prefeito interino Ivanes Lacerda e o secretário de Serviços Públicos, Juraci Dantas, estão respondendo no Ministério Público pela acusação feita por ela, afirmando que os dois gestores estão sendo omissos na prestação do serviço de iluminação pública.

Edjane aproveitou para citar que só no mês de janeiro deste ano a Prefeitura de Patos arrecadou por meio da taxa de iluminação pública, o valor de 920 mil reais.

Ela afirmou que mesmo o município recebendo a contribuição da iluminação pública, ainda assim muitas ruas da cidade permanecem na escuridão, muitas vezes apenas pela ausência de uma simples lâmpada.

Como exemplo, a parlamentar citou o bairro Jardim Magnólia, que segundo afirmou, enfrenta uma situação de calamidade pública, principalmente pelo acesso difícil decorrente de buracos nas ruas. O bairro Santa Clara também foi citado como localidade abandonada pela atual gestão municipal.

Para concluir, a vereadora Edjane Araújo indagou o prefeito Ivanes Lacerda sobre quais motivos estão impedindo que os vereadores tenham acesso às informações da Prefeitura de Patos.

Ouça mais detalhes na entrevista que segue.

Edjane Araújo

Matéria por Patosonline.com

Áudio – Câmara Municipal de Patos – Edição / Higo de Figueiredo (Rádio Espinharas, 97,9)




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.