Decisão do TRE: Lenildo Morais presta solidariedade a João Azevedo



O vice-presidente estadual do Partido dos Trabalhadores – PT, Lenildo Morais, divulgou em sua rede social solidariedade ao secretário de Infraestrutura do Governo do Estado, João Azevedo, com relação a decisão do Tribunal Regional Eleitoral – TRE, que proíbe o secretário de participar das Plenárias do Orçamento Participativo do governo estadual.

Segundo o ex-prefeito de Patos (Lenildo), não é possível aceitar o que classificou de atentado a democracia.

 

Veja a Nota:

     Prestamos nossa solidariedade ao secretário de Estado de Infraestrutura, João Azevedo, impedido, pelo TRE da Paraíba, de exercer as atribuições do seu cargo, a partir de hoje, sendo que pela legislação eleitoral, o pré-candidato tem até o dia 07 de abril para se afastar do cargo e assim poder concorrer às eleições. O que dizer diante de tal notícia? O que pensar num momento como esse? Como aceitar que um gestor público seja impedido de exercer as suas funções, antes do prazo estabelecido por lei? Se faz necessário que o Tribunal reveja urgentemente essa decisão e que a lei seja respeitada. Por isso, externamos que, além de solidários, estamos atentos na defesa da democracia e da justiça, e não vamos aceitar que os trabalhos do governo do Estado da Paraíba sejam atropelados dessa forma.

Lenildo Morais – vice presidente estadual do PT

 

""