Damião Lucena lança livro sobre a Diocese de Patos e a Catedral de Nossa Senhora da Guia



O historiador e escritor patoense Damião Lucena lançou mais um livro. O evento aconteceu na noite desta quinta-feira, 12 de agosto, na Livraria Nobel, em Patos. A obra, intitulada ‘Sexagenárias – Catedral da Guia e Diocese de Patos,’ conta a história  da Diocese de Patos e da Catedral de Nossa Senhora da Guia, desde a sua construção até os dias de hoje.

Um grande público prestigiou o evento. Representantes de vários setores da sociedade patoense puderam participar, a exemplo da vereadora Tide Eduardo; representantes da Catedral em Patos e da Diocese, entre outras personalidades.

Damião falou da alegria de estar lançando uma nova obra e da importância de contar a história de uma instituição tão relevante para a cidade de Patos. Ele falou sobre a motivação para escrever a obra.

Foi uma forma que eu encontrei de homenagear a Diocese como circunscrição religiosa que estava completando 60 anos e, automaticamente, quando a diocese é instalada, a sua igreja Matriz, passando a ser Catedral, fizemos a junção e homenageamos as duas. A particularidade é que eu tinha a proposta de tornar de conhecimento público o que representa cada espaço de um templo que nós estamos sempre presentes e não sabemos decifrá-lo. Então foi a ideia de construirmos uma nova Catedral, dentro de um contexto de que as pessoas a partir de agora poderão entender cada espaço, cada momento, cada arte retratada dentro de nosso principal templo”, justificou o escritor.

O livro tem o formato da Catedral de Nossa Senhora da Guia, e um suporte acompanha a obra, que, segundo o historiador, é para permanecer exposta. Será vendido na livraria Nobel, em Patos, no valor de R$ 39,90. Ainda de acordo com o autor, o livro ficou orçado no valor de 35 mil reais.

lançamentos (1)
lançamentos (1)
lançamentos (2)
lançamentos (2)
lançamentos (3)
lançamentos (4)

Blog do Jordan Bezerra




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.