Locais

Criança que sofreu queimaduras após descarga elétrica em carregador, em Patos, é transferida para o Hospital de Trauma de Campina Grande. OUÇA

ÓTICAS GUIMARÃES

A reportagem do programa Espinharas Notícias, da Rádio Espinharas FM, conversou com a diretora do Hospital Infantil Noaldo Leite, Isabella Cristina, que deu mais detalhes sobre o caso de um garoto de apenas 10 anos de idade que sofreu uma descarga elétrica ao tentar retirar um carregador de celular que estava conectado na tomada, no bairro Santo Antonio, aqui em Patos.

De acordo com Isabella, o paciente deu entrada no Hospital Infantil na tarde do último sábado (12) com queimaduras em membros superiores, polegares direito e esquerdo, indicador direito e falange, sendo admitido na Área Vermelha devido a quantidade de lesões de terceiro grau.

Ainda segundo a diretora, o garoto encontrava-se consciente e orientado, com sinais vitais preservados. Após realização da analgesia, ele permaneceu em observação, porém, devido às lesões, ele deveria ser transferido de imediato para o Centro de Referência de Queimados, no caso, o Hospital de Trauma em Campina Grande.

Foi feita a regulação e o paciente foi transferido para o Hospital de Trauma ainda no sábado (12). De acordo com informações, seu quadro é estável.

Ouça mais detalhes no áudio abaixo:

Isabella Cristina, diretora do Hospital Infantil – Áudio: Wânia Nóbrega/Rádio Espinharas FM

O fato aconteceu por volta das 16h00min, em uma residência na Rua Padre Anchieta, no bairro Santo Antonio, aqui em Patos. O pai do garoto relatou que tudo foi muito rápido e aconteceu assim que a criança tirou o carregador que estava ligado à tomada e conectado no aparelho celular.

Veja também – Em Patos: Criança de 10 anos sofre descarga elétrica em carregador de celular e tem queimaduras de segundo e terceiro graus, na tarde deste sábado (12)


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo