Criança morre após sofrer um tiro acidental em São José de Caiana; é o segundo caso em 15 dias na região



Uma cena trágica foi presenciada pela senhora Odete Correia, mãe do garoto José Eric Egídio Correia, de 11 anos de idade, no município de São José de Caiana (PB) neste sábado (06/12).

Ocorreu que após chegar em casa, quando tinha acabado uma partida de futebol, “Kinho” como era conhecido o garoto, dirigiu-se até um cômodo da sua casa e acidentalmente sofreu um disparo de espingarda (soca-soca), que acertou a região da cabeça, tendo morte imediata.

A família mora no Sítio Jenipapeiro, e no momento do ocorrido, presenciaram o caso, a mãe e alguns amigos que aguardavam o jovem estudante sair de casa.

De acordo com o Destacamento Policial caianense, a área da residência teve que ser isolada, porém a mãe entrou em pânico ao ver seu filho morto. O corpo do estudante só veio ser retirado do local, após a perícia da equipe do Gemol, que o conduziu para o IML da cidade de Patos para exames mais complexos, e logo em seguida fazer a entrega a família.

Há exatamente 15 dias, na cidade de Coremas (PB), também em uma área rural, a estudante Maria Vitória Gabriel de 6 anos, foi morta por um disparo acidental, desta vez efetuado por um tio que manuseava a arma próximo da criança.

Do DiamanteOnline