Corpo de Bombeiros atua desde quinta-feira (19) no combate a incêndio na região de Malta



O Comandante do 4° Batalhão de Bombeiro Militar, Danilo Brasileiro Ramos Galvão, respondeu à imprensa, nesta segunda- feira, dia 23, sobre questionamentos feitos pela população de Malta, quanto a um incêndio que acomete à zona rural daquela cidade, desde a semana passada.

A professora Rosália Marques, denunciou ao portal patosonline.com que o fogo pode ter sido criminoso e que já consumiu uma vasta área da caatinga em direção à Malta.

“Gostaria de fazer um apelo ao Corpo de Bombeiros de Patos para apagar um incêndio que está se alastrando na Serra do Sítio Cuncas na BR 230. O fogo já está no sítio do meu vizinho. É triste ver uma grande parte do bioma Caatinga se acabando desse jeito”, lamentou a professora.

O major Galvão garantiu que os bombeiros trabalham no local desde a última quinta-feira, e que o serviço é complicado pois, além de ser uma região de serra, há vários focos espalhados em propriedades diferentes.

“A gente vem priorizando os focos que estão próximos às residências, currais de animais e a bens que possam ser diretamente prejudicados por essa chamas; como não temos acesso por viaturas, o equipamento tem que ser levado à pé, inclusive, a água de apagar incêndio, o que torna tudo mais trabalhoso e desgastante “, contou o major Galvão.

O Comandante do 4° BBM tranquilizou a população dizendo que só vai sair do local quando a situação estiver controlada.

“Nós passamos o dia todo, hoje, até parte da noite, fazendo esse combate, inclusive, com policiais voluntários; a gente pede a colaboração da população, que muitas vezes não vê a gente por causa da distância, e pensa que não estamos atuando, mas pode ficar tranquila que continuaremos, amanhã, e até que a situação esteja controlada”, finalizou.

Assessoria