Coronavírus: Prefeito Ivanes Lacerda admite que comprou materiais com sobrepreço, mas diz que todas as prefeituras foram obrigadas a isso



O prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, durante entrevista concedida ao portal de notícias Patosonline.com, nesse último final de semana, disse que a gestão municipal tem se empenhado ao máximo para realizar ações de combate ao novo coronavírus.

Ivanes considerou que a pandemia pegou o mundo inteiro de supresa, tendo em vista que ninguém tinha conhecimento de como conter o avanço, a não ser lavando as mãos e se protegendo com máscaras, além e manter o distanciamento adequado de uma pessoa para outra.

Ele também lembrou que em todo o país não havia uma quantidade de leitos de UTI capazes de tratar das pessoas que tivessem a doença e desenvolvessem sintomas mais graves.

Ainda nesse contexto de situação nova e inesperada, o gestor lembrou que rapidamente os materiais como máscaras e álcool em gel sumiram do mercado diante da grande demanda.

Devido à dificuldade para encontrar tais materiais, e diante da urgência de adquiri-los, o prefeito assumiu que teve quem comprar alguns lotes a preços elevados. Ivanes frisou que no início da pandemia tudo foi mais difícil, inclusive comprar insumos necessários para as ações da pandemia ou não.

“Virou uma loucura. E aí no meio dessa loucura aparece um terreno fértil pra brotar a desonestidade dos que já praticam, ou seja, exacerbar essa desonestidade. Todos os nossos EPIs foram com sobrepreço, mas não foram por irresponsabilidade nossa, mas por carência de mercado. E todos compraram. Não conheço ninguém, nenhuma prefeitura no Brasil, nenhum estado que num tenha comprado com sobrepreço”, externou.

Ainda no tocante aos materiais próprios para serem utilizados na pandemia, Ivanes disse que o município está bem abastecido, e que qualquer falta de item tem sido em razão da escassez do mercado.

E reforçou que o município desde o início da pandemia fez tudo que sido necessário, a exemplo de barreiras sanitárias e outras melhorias como a ampliação da UPA para comportar 20 leitos adequados para pacientes com Covid-19, e ainda esta aguardando mais 4 respiradores mecânicos do deputado Hugo Motta, para reforçar os 3 que já estão em funcionamento.

Ivanes

Matéria exclusiva do Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.