CORONAVÍRUS: Aulas da Rede Municipal de Ensino de Patos estão suspensas a partir desta quinta-feira (19)



Aconteceu na tarde desta terça-feira (17) no auditório da Secretaria Municipal de Educação, uma reunião com os gestores das unidades escolares da Rede Municipal de Ensino, para repasse das recomendações sobre a suspensão temporária das aulas do município em decorrência da emergência de saúde pública provocada pela pandemia do Coronavírus (COVID-19).

Sendo assim, a partir de 19 de março até 18 de abril de 2020, ficam suspensas as aulas presenciais regulares em todas as unidades da Rede Municipal de Ensino de Patos, podendo esse período ser prorrogado ou antecipado mediante o controle da situação.

“Entendendo toda essa problemática e buscando resguardar tanto nosso alunado quanto nosso servidor, a Rede Municipal de Ensino de Patos está seguindo o decreto do Governo do Estado da Paraíba. Essa reunião de hoje com os gestores foi para um repasse mais detalhado das recomendações. Com isso, paramos nesta quinta-feira, dia 19, e voltamos no dia 18 de abril. Lembramos que essa parada não irá prejudicar o ano letivo, pois readequaremos o calendário e as aulas serão repostas,” comentou a secretária de Educação de Patos, Socorro Chaves.

A reposição de aulas será discutida após o retorno das atividades escolares, por uma comissão específica da educação, baseando-se na LDB, de forma que não haja prejuízo para os estudantes.

Durante esse período a sede da Secretaria Municipal de Educação funcionará em expediente corrido com seis horas de duração.

As instituições de ensino permanecerão abertas em horário especial a ser determinado pela Secretaria de Educação, e sob responsabilidade da direção de cada unidade.

Vale salientar que, embora a suspensão das aulas seja na quinta, não haverá aula nesta quarta-feira (18) devido paralisação nacional.

Coordecom




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.