Consult: Pollyanna Feitosa seria eleita com 56,8% das intenções em Pombal



A primeira rodada da pesquisa Consult sobre a sucessão municipal em Pombal, feita com exclusividade para o JORNAL DA PARAÍBA, revelou que se as eleições fossem hoje o município sertanejo teria como prefeita Yasnaya Pollyanna Dantas Werton (PT), conhecida como Pollyanna Feitosa.


A petista que é viúva do ex-gestor da cidade Jairo Feitosa, morto em um acidente automobilístico, aparece com 56,80% das intenções de voto, enquanto a sua adversária Mayenne Van Bandeira de Lacerda (PMDB) é citada por 39,80% dos entrevistados.


O município de Pombal, segundo os dados da pesquisa, apresenta um percentual pequeno de eleitores indecisos e de pessoas que pretendem anular o seu voto ou votar em branco. Responderam que ainda não sabem em quem votar 3,20% dos entrevistados, enquanto 0,20% respondeu que não votaria em nenhuma das duas prefeitáveis.


Pombal é um dos poucos municípios paraibanos onde a disputa pela gestão municipal gira em torno apenas de mulheres. A campanha pela prefeitura local colocou os dois blocos, que antes eram aliados, em uma verdadeira guerra, com trocas de acusações, agressões verbais e físicas e o clima de constante tensão, devido à possibilidade de novos embates. O município dispõe de 23.477 eleitores, o que corresponde a 0,884% do eleitorado paraibano.


Pollyanna Feitosa é candidata pela coligação ‘Pombal para Todos’, que reúne o PSDB, PSB, PC do B, DEM, PTB, PR, PPS, PMN, PDT, PTC, PP, PT e PTN. Ela é veterinária e decidiu disputar o posto de prefeita depois que o seu marido, o então prefeito do município, Jairo Feitosa (PT), que morreu no dia 26 vítima de um acidente automobilístico na BR-230, quando o veículo que dirigia capotou. O seu vice é o médico Geraldo Arnaud de Assis Júnior (PSDB), o Geraldinho.


A petista conta com uma verdadeira “força-tarefa” para se eleger. Recebe o apoio de pessoas que dificilmente estariam em um mesmo palanque por serem adversários políticos históricos a exemplo de: o governador Cássio Cunha Lima (PSDB), o presidente do PT, deputado federal Luiz Couto, o prefeito da capital e presidente do PSB, Ricardo Coutinho, além do senador Efraim Morais (DEM).


Mayenne Van é candidata pela coligação ‘União, Compromisso e Ação por Pombal’, que é composta por PMDB e PHS. Ela é professora de Ensino Médio e é casada com o deputado estadual Verissinho (PMDB). Já ocupou o posto de secretária municipal de Educação e nunca concorreu a um cargo eletivo. O candidato a vice é servidor público municipal João Dionísio de Sousa, o João Grandão (PMDB).


Ela conta com o apoio do atual prefeito do município Hugo Ugolino, que assumiu o posto do gestor depois da morte de Jairo. O primeiro ato do peemedebista ao assumir o cargo foi romper com o PT. Ele teria demitido da Prefeitura todas as pessoas que tinham ligação ao ex-gestor e isso teria motivado o início do embate entre os dois blocos políticos.


Por: BETH TORRES/Jornal da Paraíba