Gerais

Consórcio do Nordeste pede retorno das máscaras e cobra vacinas

ÓTICAS GUIMARÃES

O comitê científico do Consórcio do Nordeste pediu, neste domingo (27), o retorno das ações preventivas contra a Covid-19, em especial do uso das máscaras em espaços públicos. Além disso, a entidade ainda cobrou maiores campanhas de vacinação contra o vírus por parte do Governo Federal.

“Apesar de o próprio diretor da OMS, Tedros Adhanom, e outras lideranças políticas mundiais terem anunciado há alguns meses que o fim da pandemia estava próximo, nas últimas semanas o número de casos da doença tem aumentado em vários países e também no Brasil”, afirmou o comitê em nota.

A entidade também alertou para o “início da formação de uma nova onda, com número de novos casos em 22 de novembro de 2022 ultrapassando meio milhão, quase metade do pico da última onda em julho deste ano”.

Os casos de Covid-19 aumentaram em todo o Brasil, incluindo na Paraíba, onde setores de hospitais que estavam fechados, tiveram que ser reabertos para controlar o aumento recente. De acordo com o Consórcio,  houve um aumento de 159,58% na taxa de retransmissão do vírus entre junho e novembro, passando de 1,01 para 2,38.

Fonte: MaisPB com O Antagonista


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo