Policial

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e MPE solicitam instalação de lâmpadas nas celas do Presídio Feminino em Patos. Promotor Dr. Uirassu Medeiros fala sobre o assunto

ÓTICAS GUIMARÃES

O promotor das execuções penais de Patos, Uirassu Medeiros, se posicionou em contato com a josnalista Wânia Nóbrega, da Rádio espinharas FM de Patos, sobre uma ação movida pelo Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, a respeito da falta de lâmpadas nas celas do presídio feminino de Patos.

De acordo com Dr. Uirassu, existem dificuldades para a adoção de melhorias mais profundas na unidade, razão pela qual foi exigido ao conselho a apresentação de prioridades para adoção de algumas benfeitorias na unidade prisional.

“A primeira providência, aquilo que foi considerado pelo conselho como prioritário foi a disponibilização de luz nas celas. O presídio feminino foi construído sem iluminação nas celas, e justamente em razão disso, foi suscitada a necessidade de encontrar uma alternativa para a disponibilização de energia nas celas”, disse.

Ele acrescentou que as celas do presídio feminino recebem apenas uma iluminação parcial da parte externa da unidade, motivo que o levou a visitar a unidade em horário noturno para constatação do problema inloco.

Dr. Uirassú finalizou dizendo que irá formalizar um comunicado junto a Secretaria de Administração Penitenciária do Governo da Paraíba, para que o problema venha a ser solucionado em breve.


Por Genival Junior – Patosonline.com

Áudio de Wânia Nóbrega- Rádio Espinharas


Mostrar mais
Botão Voltar ao topo