Completaria 70 anos hoje: Ex-prefeito Dinaldo Wanderley foi responsável pela vitória com a maior diferença de votos da história de Patos



Dinaldo, que se fosse vivo estaria completando 70 anos neste sábado, 20 de junho, venceu a disputa na eleição municipal de 2000 com uma diferença de 12.576 votos, ano em que polarizou a campanha contra o atual deputado estadual Nabor Wanderley, que historicamente figurou como seu principal oponente.

Dinaldo foi candidato pelo Partido da Frente Liberal-PFL, e conseguiu 27.697 sufrágios, contra outros 15.121 obtidos por Nabor, que era candidato pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro-PMDB.

O ex-prefeito havia sido eleito para o primeiro mandato em 1996, quando recebeu 19.577 votos e venceu a então deputada estadual Francisca Mota, que terminou o pleito com 13.085 votos. A diferença foi 6.492 votos.

Curiosamente, Dinaldo também fez parte da segunda maior vitória da história das eleições em Patos, fato ocorrido no ano de 2008, quando em um segundo encontro com Nabor, perdeu para o seu principal oponente com diferença de 10.123 votos.

Naquele pleito, Dinaldo foi candidato pelo PSDB do ex-senador Cássio Cunha Lima e teve os seus 20.651 votos anulados após decisão da Justiça Eleitoral. Nabor ainda do PMDB de José Maranhão, disputava a sua reeleição ao cargo e venceu obtendo 30.774 votos.

O ex-prefeito Dinaldo Wanderley entrou na vida pública em 1992, ano em que foi lançado candidato a prefeito de Patos pelo então deputado federal Rivaldo Medeiros, que era seu tio e ex-prefeito da cidade.

Naquele ano, Dinaldo foi candidato pelo PFL obteve 13.144 votos, perdendo para Ivânio Ramalho, que terminou com 14.959 sufrágios.

Em 2006, Dinaldo foi eleito para o seu último mandato eletivo, se elegendo deputado estadual com 32.082 votos. Ele ficou com a décima maior votação daquele pleito, recebendo 16.456 votos na cidade de Patos.

Veja o registro do falecimento em vídeo do político patoense feito pelo Patosonline.com e um pouco da historia do político:

Patosonline.com