Regional

Comércio e Serviços respondem por mais de 62% dos empregos formais da Paraíba

ÓTICAS GUIMARÃES

Com 68.582 contratações registradas entre janeiro e agosto desse ano, os setores de comércio e serviços respondem por 62,88% das contratações formais registradas na Paraíba em 2021, segundo balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério da Economia.

Durante o período, o setor de serviços do estado registrou a contratação de 40.383 trabalhadores, contra 32.472 demissões, enquanto o comércio teve o ingresso de 28.199 trabalhadores no mercado de trabalho, contra 22.185 desligamentos.

Juntos, os dois segmentos alcançaram um saldo positivo de 13.925 empregos formais, representando 70,65% dos 19.708 empregos com carteira assinada, correspondente ao saldo positivo de todo entre janeiro e agosto de 2021.

Além de comércio e serviços, a construção civil registrou 18.127 contratações e 14.625 demissões, perfazendo saldo positivo de 3.502 empregos formais. A indústria alcançou a contratação de 18.573 trabalhadores e 16.269 desligamentos, saldo positivo de 2.304 vagas, enquanto o setor agropecuário ficou com 3.779 contratações e 3.802 demissões, terminando com saldo negativo de 23 vagas formalizadas.

Somando os demais setores da economia, a Paraíba registrou entre janeiro e agosto desse ano, 109.061 contratações e 89.353 demissões.

FISCALIZAÇÕES

De acordo com informações do auditor fiscal Luiz Gonzaga Lima de Morais, do Ministério da Economia, as estatísticas de admissões de trabalhadores fornecidas pelo CAGED refletem também o resultado das fiscalizações realizadas em diversas empresas, e incluem os contratos intermitentes, que englobam os trabalhadores que são convocados para o trabalho de acordo com a necessidade da empresa.


Por Genival Junior – Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios