Comerciantes de Patos organizarão protesto contra recua do prefeito Ivanes na flexibilização das atividades econômicas



O Patosonline.com recebeu ainda na noite desta terça-feira, 30 de junho, o contato de alguns comerciantes de Patos, para expressarem o que classificaram de repúdio a decisão do prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda que, acatou a recomendação do Ministério Público da Paraíba, Ministério Público Federal e Ministério Público do Trabalho de não abrir o comércio em varejo e os shopping centers da cidade, devido a pandemia de covid-19.

“As lojas que teriam a liberdade de abrir nesta quarta-feira (01), não poderão mais fazer isso, mas vão poder continuar fazendo esse mesmo trabalho da seguinte forma: delivery ou techway que é a retirada do produto no local estabelecido. Portanto, a Prefeitura de Patos acata essa recomendação, revoga o decreto de número 35 e volta à vigência o decreto de n°32 que foi publicado no dia 14 de junho de 2020. Sendo assim, acatamos a recomendação do Ministério Público e passa-sea ter vigência o decreto 32 que estabeleceu uma série de disciplinas, mas não estabeleceu a abertura do comércio em geral”, explicou Jonas Guedes.

Os comerciantes expressarão suas opiniões: “Depois de preparem suas lojas para a volta gradativa das atividades, os comerciantes se deparam com mais uma recuada sem lógica do Prefeito. Estamos cansados, quebrados e sem dormir com tantas contas. Outros estão com depressão”, disseram os comerciantes em texto enviado a Redação do Patosonline.com.

Ainda não há uma data para o protesto, mas os comerciantes prometem uma manifestação grande, e pretendem fechar parte da cidade.

Patosonline.com




Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal Patosonline.com não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.