Comerciante desmaia durante assalto: criminoso levou 6,8 mil



"assaltoA comerciante Maria do Socorro Monteiro, de 48 anos, é dona de uma lojinha de confecções no bairro Cabo Branco, periferia de Coremas.

O pequeno comércio funciona em um dos vãos de sua casa, onde a mulher viveu momentos de terror na tarde deste domingo.

Um homem encapuzado e armado com um revólver entrou na residência pelo muro por volta das 14h30m (duas e meia da tarde) e foi direto para o guarda-roupa, onde a vítima guardava seis mil e oitocentos reais (R$ 6.800,00), dinheiro que juntava para viajar a Santa Cruz (PE) nesta segunda-feira e repor o estoque da loja.

A mulher foi surpreendida com o acusado dentro de sua casa. Ela tentou impedir o fato, entrou em luta corporal, foi agredida e desmaiou em seguida. Familiares da vítima estavam sentados na calçada, ouviram o barulho e foram saber o que estava acontecendo. Ao chegar ao interior da residência, encontaram a vítima desacordada, já o acusado, que estava a pé, conseguiu fugir, levando todo o dinheiro.

Esse é o quinto assalto em quatro meses na cidade de Coremas. No dia 29 de dezembro do ano passado, uma dupla assaltou uma joalheria, levando dezenas de peças valiosas. Em 19 de novembro, homens armados subtraíram de uma peixaria 6 mil reais.

Um outro assalto ocorreu em 27 de outubro: dois elementos assaltaram uma casa de jogos e fugiram com R$ 20 mil, celulares e oito notas promissórias. Vinte dias antes, uma outra joalheria havia sido assaltada, também por dois homens em uma moto. Até agora ninguém foi preso nem identificado.

Mas, além dos assaltos, os assassinatos também aterrorizam a cidade: somente nos primeiros 35 dias deste ano foram três mortes, a última delas nesse sábado.

Folha do Vali