Policial

Comandante-geral da PM diz que não vai tolerar indisciplina e promete reforçar policiamento ostensivo

ÓTICAS GUIMARÃES

Em coletiva de imprensa nesta terça-feira, dia 25, o comandante-geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, afirmou que vai coibir com força enérgica a ação de criminosos em todo o estado da Paraíba, e que vai reforçar o policiamento ostensivo nos municípios com crescimento de casos de violência.

Euller disse que não vai tolerar indisciplina dentro da corporação e que vai punir na forma da lei qualquer ação que prejudique o trabalho da Polícia Militar no estado.

“Com a tolerância mínima, zero, por parte do Estado, porque nós temos um compromisso público com a sociedade paraibana, e aqueles que fujam dessa linha, os rigores da lei, a corregedoria, e a Justiça Militar cuidaram para que não haja a quebra de um serviço tão essencial à sociedade paraibana”, expressou Euller Chaves.

O comandante-geral disse que a Operação Saturação estará em todo o estado e vai coibir o crescimento de ações criminosas nesse período.

“Nós já começamos essa operação. Nós estamos com a ‘Saturação’ nos municípios, onde fizemos uma leitura e análise dos dados e vamos para cima. Espero que nossos profissionais se recuperem da sua saúde, onde temos no Brasil e na Paraíba síndromes gripais. Mas esse comandante e nossos comandantes estarão nas ruas protegendo o cidadão. Tenham cuidado com as Fake News, que só aterrorizam a população, pessoas mal-intencionadas que buscam gerar pânico na população. Há o problema sim, há as ocorrências sim, mas nós vamos juntos coibir a ação marginal de qualquer ordem que seja”, declarou o coronel.

Euller Chaves disse ainda que este é um período que sempre registra crescimento de ações criminosas por conta da saída de presos no período de Natal e Ano Novo. Ele considerou ainda a fragilidade da polícia com a baixa no efetivo e os que estão fora do plantão por questão de saúde. Euller disse ainda que a situação envolvendo os PM’s que não querem se voluntariar para o plantão extra também venha causando anos à segurança pública.

Ouça outros detalhes no áudio abaixo:

Patosonline.com

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo