Policial

Comandante do 3º BPM fala da possibilidade de reimplantar Patrulha Rural em Santa Terezinha-PB, após ataques

Rômulo afirmou que uma solicitação foi enviada ao Comando-geral da Polícia Militar da Paraíba pedindo que seja dispensada dotação orçamentária para a retomada do Patrulhamento

O Comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar em Patos, Rômulo Ferreira, falou sobre a possibilidade de retomar o Patrulhamento Rural em Santa Terezinha, após a onda de crimes contra moradores da zona rural do município.

Vários assaltos já foram registrados na região, incluindo o grande ataque à fazendo do atual prefeito, Arimateia Camboim. O Patrulhamento Rural foi extinto, há alguns anos, e agora o município depende do policiamento de Patos, que, segundo o comandante, segue fazendo rondas na região.

Mas o próprio comandante afirmou que pode ser que os bandidos estejam observando a passagem das rondas e, em seguida aplicam os ataques contra as residências nas comunidades rurais.

Rômulo afirmou que uma solicitação foi enviada ao Comando-geral da Polícia Militar da Paraíba pedindo que seja dispensada dotação orçamentária para a retomada do Patrulhamento.

“Já foi encaminhado ao comando-geral da Polícia Miliar um documento solicitando que fosse disponibilizado para o 3º Batalhão a liberação de dotação orçamentária para a compra da folga dos policiais, o chamado policiamento extra, para que nós consigamos, através de voluntários, reativar, ao menos nos finais de semana, o patrulhamento rural, podendo ser estendido posteriormente para todos os dias da semana, para que consigamos dar uma resposta mais a altura desses assaltos que estão acontecendo na zona rural, bem como evitar que eles aconteçam e prender os envolvidos”, afirmou Rômulo.

Patosonline.com

Imagem – Secom-PB

Mostrar mais
Botão Voltar ao topo