Comandante do 3º BPM afirma que jovem alvejado a tiros na noite de quinta responde por homicídio em Patos. Escute



A polícia informa que é um dos jovens baleado na noite desta quinta-feira (20/02) aqui em Patos, conhecido pela alcunha "Danilo Gago" [foto] já tem diversas passagens pela polícia, inclusive homicídio.

Segundo o comandante do 3º BPM, Enéas Cunha Rolim, ele havia sido preso acusado da morte do jovem Jefferson Ramon Araújo Mendes, o "boião" que tinha 24 anos de idade, morto a tiros em meio uma festa estudantil que acontecia próximo a Praça Edivaldo Motta, no último dia 11 de agosto do ano passado.

De acordo com o comandante, Danilo Silva Gomes, 19 anos, foi preso e confessou o crime, mas em pouco tempo já estava nas ruas.

Segundo fontes os dois teriam supostamente praticado um assalto a um estabelecimento comercial no bairro do Jatobá, porém teriam sido perseguidos pelas vítimas que ao emparelhar um Celta com características não anotadas, junto à moto, o carona teria efetuado disparos que atingiram Danilo e o comparsa (até o momento não identificado) que minutos depois foi socorrido para o HRP.

O amigo de Danilo (não identificado até o momento) foi socorrido por uma equipe do Samu para o Hospital Regional de Patos e ele, que estava também baleado, localizado momentos depois por policiais militares nas imediações do Cabaré e levado para o mesmo local.

Os dois não correm risco de morte e por serem vítimas do atentado, segundo Rolim, após receberem alta, "estarão novamente na rua".

Texto Portalpatos com edição do Patosonline.com 

Foto – Polícia Militar

Áudio – Departamento de Jornalismo da Rádio Espinharas